SAIBA MAIS SOBRE NOSSOS CURSOS

 

ADMINISTRAÇÃO

 

O Administrador qualificado dispõe dos instrumentos necessários para entrar nos atuais e novos campos do mercado de trabalho, principalmente nas organizações dos setores produtivos e de negócios, implantando políticas, programas e métodos de trabalho, controlando recursos humanos, materiais e financeiros, analisando resultados e realizando as correções e planejamento necessários.

 

OBJETIVOS DO CURSO

 

a) Objetivo Geral

 

Formar profissionais Administradores dotados de senso crítico comportamento ético profissional qualificado. Um Administrador criativo, inventivo e empreendedor com conhecimentos, experiências e perspectivas que aumentem a competitividade das organizações e sua longevidade nos mercados regionais, nacionais e globais.

 

b) Objetivos Específicos

 

O curso de Administração tem por objetivos específicos:

 

  • Desenvolver o espírito empreendedor;
  • Incentivar o pensamento sistêmico e a interdependência das funções organizacionais;
  • Estimular o princípio da gestão participativa;
  • Formar cidadãos comprometidos com a construção de uma sociedade mais humana e mais justa, enfatizando o emprego adequado de seus conhecimentos e habilidades profissionais;
  • Desenvolver o senso crítico e reflexivo na análise das realidades organizacionais;
  • Ter a interdisciplinaridade como princípio básico, possibilitando a interação do curso de Administração com outros cursos e ciências, a fim de que os graduados pelo curso percebam as conexões e causalidades existentes nos diversos campos do saber humano;
  • Destacar a importância da pesquisa e da inovação como recursos estratégicos a serem utilizados pelas organizações;
  • Desenvolver a compreensão da necessidade contínua de aperfeiçoamento profissional.

 

O Curso de Administração foi concebido sob a perspectiva de disponibilizar no mercado, profissionais conscientes das mudanças globais e dos conceitos sócio, políticos e culturais, com capacidade de identificar as demandas sociais e organizacionais, pensar e repensar no contexto geral dos negócios comprometido com a sociedade e com o ambiente das gerações atuais e futuras através da valorização da ética e da cidadania. Atrelado, ainda, à compreensão de que a elevação da qualidade dos serviços educacionais a eficiência depende da disponibilização de recursos que garantam uma formação profissional séria e continuada.

 

O Curso de Administração da Faculdade Conceito Educacional, Bacharelado Presencial, compreende os desafios apontados na dinâmica social, política, econômica e organizacional do país e propicia a formação do Administrador apto a inserir-se no mercado de trabalho, com as competências necessárias para atuar no novo cenário mundial local, nacional e mundial.

 

A Faculdade, através da oferta do Curso de Administração desenvolve um trabalho coerente entre a formação acadêmica e a prática do futuro administrador, contemplando diferentes âmbitos dos conhecimentos necessários à atuação profissional, embasados no princípio metodológico da ação – reflexão – ação.

 

PERFIL DO EGRESSO

 

O Curso de Administração enseja condições para que o bacharel em Administração esteja capacitado a compreender as questões científicas, técnicas, social e econômico da produção e de gerenciamento, no seu conjunto, observados os níveis graduais do processo de tomada de decisão, apresentando flexibilidade intelectual e adaptabilidade contextualizada no trato de situações diversas presentes ou emergentes nos vários segmentos do campo de atuação do administrador.

 

E quanto às habilidades, os egressos do Curso estarão aptos a:

 

  • Criar, planejar, organizar e gerir seu próprio negócio;
  • Elaborar pareceres, relatórios, planos, projetos, e laudos pertinentes à área administrativa e à organização;
  • Planejar, dirigir e coordenar estudos e análise, bem como a implementação de programas de racionalização administrativa;
  • Planejar dirigir e controlar o bom funcionamento de qualquer tipo de organização seja ela privada ou pública, ou de seus departamentos, tomando decisões, implementando-as e sobre tudo exercendo a supervisão;
  • Criar estruturas organizacionais, estabelecer rotinas, elaborar regimentos, normas e procedimentos técnicos afetos à organização e sempre estabelecendo fluxos de trabalho, que irão decidir sobre técnicas de produção, comercialização, finanças e também administração de pessoal e material;
  • Exercer funções de direção, assessoramento, consultoria e de pesquisador, com a finalidade de realizar os objetivos das organizações dos indivíduos e grupos de pessoas que dela fazem parte;
  • Articular o conhecimento sistematizado com a ação profissional;
  • Lidar com modelos de gestão inovadores;
  • Resolver problemas e desafios organizacionais com flexibilidade e adaptabilidade;
  • Selecionar procedimentos que privilegiem formas de atuação em prol de objetivos comuns.

 

Com estas características, o administrador formado poderá desempenhar funções administrativas em organizações públicas e privadas, de qualquer natureza. A formação de um profissional voltado à realidade regional, nacional e internacional, é ainda complementada através de viagens de estudo, seminários, palestras, bem como de estágios em empresas que realizam comercializações e vivência prática em laboratório especializado.

CIÊNCIAS CONTÁBEIS

 

O Contador é o profissional que cuida das questões financeiras, tributárias, econômicas e patrimoniais de uma empresa, que lida no seu cotidiano com planilhas, demonstrativos de resultados, contas a pagar e a receber, guias de impostos e muitos números, sendo um profissional indispensável em qualquer tipo de organização, pois suas funções não se restringem à gestão de empresas, podendo atuar no mercado de seguros, controladoria, perícia e auditoria de forma autônoma ou como funcionários de escritórios de contabilidade, empresas públicas e privadas, organizações não governamentais e até no setor militar.

 

OBJETIVOS DO CURSO

 

Objetivo geral

 

Formar contadores, capacitados e qualificados ao exercício profissional, dotados de senso analítico e crítico, orientados pelos valores morais de nossa sociedade e pela instituição, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento das sociedades, com competência técnico-acadêmica da profissão.

 

Objetivos específicos

 

  • Formar profissionais com uma sólida base teórica e técnica, capazes de desenvolver as atividades da contabilidade, com ética e competência, atuando em cenários de complexidade e competitividade, tornando-o, portanto, um agente de transformação social;
  • Estimular a postura empreendedora para geração de novos negócios em contabilidade;
  • Proporcionar visão ampla e abrangente dos sistemas de informações contábeis e gerenciais, habilitando o aluno a compreender, analisar e processar essas informações, incentivando-o a agir dentro dos princípios éticos, morais e legais;
  • Promover o bom relacionamento humano, dotando o aluno de competências e habilidades que viabilizem os agentes econômicos e seus prepostos, o pleno cumprimento de responsabilidades perante a sociedade;
  • Capacitar e preparar o aluno na assimilação da cultura e dos objetivos organizacionais, de interpretar tendências de mercado, sem perder a consciência e a dimensão das questões
  • éticas, humanas e sociais;
  • Preparar os alunos para a compreensão das especialidades da profissão contábil, tornando-os capazes de absorver as informações necessárias para se tornar especialista em qualquer uma das áreas de ação desta profissão;
  • Oferecer formação humanística adequada ao exercício profissional, habilitando-o a uma compreensão do meio em que vive, seja social, político, econômico ou cultural;
  • Desenvolver atividades de extensão voltadas á cidadania e a responsabilidade social, de forma a estreitar a relação entre a Faculdade e a sociedade, possibilitando que esta Instituição cumpra sua função social;
  • Desenvolver um padrão de excelência acadêmica, por meio de um projeto pedagógico capaz de proporcionar aos discentes do curso e a experiência necessária para se posicionar, em condições diferenciadas de competitividades, frente ao mercado de trabalho.

 

Estes objetivos reafirmam os compromissos institucionais em relação à qualidade do ensino, da pesquisa, da extensão e da administração, bem como com o perfil do egresso.

 

O Curso de Ciências Contábeis da Faculdade Conceito Educacional, Bacharelado Presencial, compreende os desafios apontados na dinâmica social, política, econômica e

organizacional do país e propicia a formação do Contador apto a inserir-se no mercado de trabalho, com as competências necessárias para atuar no novo cenário mundial local,

nacional e mundial.

 

A Faculdade, através da oferta do Curso de Ciências Contábeis, desenvolverá um trabalho coerente entre a formação acadêmica e a prática do futuro contador, contemplando diferentes âmbitos dos conhecimentos necessários à atuação profissional, embasados no

princípio metodológico da ação – reflexão – ação.

 

PERFIL DO EGRESSO

 

Para atender às exigências da sociedade atual, a Faculdade Conceito Educacional – projetou para o seu graduando um processo de formação profissional que o caracterize como um bacharel crítico, ético, lúcido e solidamente capacitado para planejar, organizar, liderar e dirigir as atividades de controle do gerenciamento contábil nas empresas, com visão de globalização, sem perder de vista as particularidades regionais.

 

Formar profissionais contadores dotados destas competências e habilidades é um compromisso da Faculdade, criando condições para formar contadores capazes de exercer

com ética, justiça e responsabilidade as atribuições e prerrogativas compatíveis à profissão, competentes e articulados às tendências mundiais, com o desenvolvimento social e em sintonia com os anseios da sociedade.

 

São estimuladas ainda as capacidades de comunicação, de trabalhar em grupo e de resolução de problemas. A capacidade de comunicação consiste na aptidão para apresentar e defender ideias, posições e os resultados de trabalho por escrito, verbalmente e em situações formais e informais; capacidade de localizar, obter, organizar, informar a outros e usar a informação procedente de fontes eletrônicas, impressas ou humanas. A capacidade de trabalhar em grupo consiste na aptidão para trabalhar com pessoas de diferentes áreas do conhecimento, incluindo a capacidade de organizar e delegar tarefas, resolver conflitos e assumir posições de liderança. A capacidade de resolução de problemas consiste na aptidão para identificar e resolver problemas não estruturados, buscar soluções criativas e ser capaz de avaliar soluções alternativas ou emitir opiniões sobre as propostas dos outros.

 

Adicionalmente, o aluno graduado em Ciências Contábeis pela Faculdade Conceito Educacional tem consciência da necessidade de contínuo aperfeiçoamento para o exercício da profissão.

 

CAMPO DE ATUAÇÃO

 

Para o profissional da Contabilidade, o campo de atuação é bastante diversificado, podendo atuar nas seguintes áreas:

 

  • Como Contador: exercer a Contabilidade Financeira (ou Contabilidade Geral, ou Contabilidade Fiscal ou Contabilidade Societária), a Contabilidade de Custos, a Contabilidade Gerencial e Contabilidade Estratégica. A Contabilidade Financeira ou Contabilidade Geral, quando aplicada a atividades específicas, recebe uma "nova roupagem", se considerarmos suas peculiaridades do ramo de atividades ao qual ela é aplicada. Estas atividades precisam ser abordadas no Curso, considerando, principalmente, as demandas regionais. Assim surgem a Contabilidade Pública, a Contabilidade Rural, a Contabilidade Industrial, a Contabilidade Comercial, a Contabilidade Imobiliária, a Contabilidade de Seguros, a Contabilidade de Serviços, a Contabilidade de Transportes, a Contabilidade de Entidades sem Fins Lucrativos, etc.
  • Como Auditor: exercer Auditoria Interna, sendo empregado da empresa; ou Auditoria
  • Externa, como autônomo ou em empresa de auditoria. A Auditoria Interna pode ser voltada exclusivamente para controles internos, como também pode estar voltada para Auditoria de Sistemas, ou Auditoria de Gestão, ou ainda, de acordo com as necessidades de cada empresa. O Auditor Independente, da mesma forma que Auditor Interno, é uma das áreas que mais cresce na profissão contábil.
  • Como Perito Contábil: participar de perícias contábeis, judiciais e extrajudiciais, assim
  • como auditorias e outras atribuições.
  • Como Analista: o Curso capacita o profissional contábil para fazer análise econômico-financeira das entidades em três ângulos: Análise de Crédito: analista externo de entidades para fins de concessão de crédito do ponto de vista da instituição financeira e vendas a prazo; Análise de Desempenho: analista interno que avalia indicadores de desempenho das entidades; Análise de Investimento: analista externo que tem por objetivo avaliar entidades para fins de investimento em nível de mercado de capitais, novos negócios, fusões, etc.
  • Como Consultor: a consultoria contábil permite às entidades, buscarem esporadicamente especialistas em determinadas áreas a um custo menor que a manutenção de um funcionário permanente. À medida que o profissional se especializa numa determinada área, há um mercado considerável para prestação de serviços de consultor: tributos, comércio exterior, contabilidade aplicada, custos, sistemas de informações gerenciais, análise contábeis, etc.
  • Como Empresário da Contabilidade: Sem dúvida, a área onde há maior concentração é na atividade contábil. São quase 50.000 de contabilidade prestando serviços para milhões de empresas.
  • Em outras Áreas como: Investigador de Fraudes Contábeis, Pesquisador Contábil, Escritor Contábil, Professor, Conselheiro Controller, Controlador de Arrecadação, Escriturador Contábil e Fiscal, Fiscal de Tributos, são alguns exemplos de funções comuns aos contadores.

REDES DE COMPUTADORES

 

O profissional de Redes é o principal responsável por projetar, instalar, configurar, testar e manter infraestrutura de redes de computadores dentro das empresas. É ele quem desenvolve o projeto e instala, levando em consideração as necessidades do cliente, trabalhando fatores como o número de computadores e os softwares presentes em cada máquina, projetando, instalando, configurando, testando e mantendo os computadores em rede com os principais sistemas operacionais de uso comercial na atualidade, obtendo uma visão estratégica e inovadora sobre a aplicação da tecnologia em redes no seu campo de atuação para poder diagnosticar e solucionar problemas relacionados à comunicação eficiente de dados e à segurança de redes.

 

OBJETIVOS DO CURSO

 

Objetivo Geral

 

Formar tecnólogos em Redes de Computadores capazes de desenvolver atividades técnicas, científicas e humanísticas, de gestão, assim como projetar e administrar redes de computadores, configurar e administrar serviços de rede, desenvolver aplicações para rede cliente/servidor, contribuindo para o incremento da produtividade e a melhoria da qualidade nas organizações usuárias e provedoras de serviços de rede e na sociedade.

 

Objetivos Específicos

 

São objetivos específicos do curso:

 

  • Desenvolver competências profissionais e tecnológicas ligadas à gestão de processos e a produção de bens e serviços voltados para as diversas áreas de redes de computadores;
  • Promover a construção de sólidos conhecimentos em redes de computadores permitindo aos alunos projetar, implementar e administrar ambientes eficientes, eficazes e seguros;
  • Estimular a produção científico-tecnológica aplicada à área de redes de computadores;
  • Proporcionar aos alunos conhecimentos de controle e administração de projetos;
  • Orientar seus alunos para os impactos sociais, econômicos e ambientais gerados por problemas resultantes da produção, gestão e incorporação de novas tecnologias;
  • Possibilitar aos alunos, através de ferramentas específicas, um entendimento mais detalhado de tecnologias e equipamentos para redes de computadores; conduzindo seus projetos e ações sempre em pleno acordo com as condições de segurança;
  • Desenvolver nos alunos competências em gestão de projetos e de pessoas, espírito empreendedor e encorajar a enfrentar os desafios na área profissional;
  • Proporcionar aos alunos condições de compreensão, análise e solução de problemas de redes utilizando conhecimentos técnicos e científicos, buscando soluções inovadoras e criativas amparadas em conhecimentos teóricos e experimentais;
  • Desenvolver nos futuros profissionais o hábito contínuo de atualização profissional, conforme inovações tecnológicas oferecidas pelo mercado de trabalho, através inclusive de estudos em cursos de pós–graduação.

 

O Curso se distingue ainda pela constante interação com o mercado, através do estreito contato que manterá com as empresas, por meio da experiência dos seus docentes e valendo-se de recursos metodologias práticas, de depoimentos de executivos e consultores das empresas da cidade e região, e a valorização de experiências inovadoras.

 

O Curso enfatiza a profissionalização do aluno com o objetivo de garantir sua empregabilidade, proporcionando o desenvolvimento de aptidões tecnológicas e administrativas, necessárias para atuar no mercado de trabalho cada vez mais competitivo e globalizado, sem esquecer os aspectos humanísticos necessários a qualquer profissional.

 

PERFIL DO EGRESSO

 

O perfil do Tecnólogo em Redes de Computadores é resultado da reflexão sobre a concepção e os objetivos, apoiados em bases científicas e tecnológicas, atento às disposições da Resolução CNE/CP 3/2002, bem como ao Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, evidenciando a relação com o desenvolvimento de competências e os princípios básicos e norteadores desta modalidade de ensino.

 

O Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores pertence a uma área de atuação profissional onde a atualização é de vital importância, devido à evolução crescente da Tecnologia da Informação. A área de redes de computadores é seguramente um dos nichos econômicos mais exigentes no que diz respeito à necessidade de atualização.

 

O curso visa formar profissionais capazes de implantar e administrar redes de computadores, contribuindo para o aumento da produtividade e a melhoria da qualidade nas organizações. O egresso poderá atuar em Empresas Públicas e/ou Privadas, desempenhando as funções de Analista de Suporte, Administrador de Redes, Analista de Desempenho de Redes, Analista de Segurança, Consultor de tecnologia na área de redes, Gerente de projetos de redes de computadores, Gerente de equipe de suporte.

 

Para a formação do perfil do egresso pretendido pelo CST, faz-se necessário o desenvolvimento de competências que, aliadas aos conhecimentos técnico-científicos adquiridos ao longo do Curso, permitam o desenvolvimento das habilidades necessárias à atuação do Tecnólogo em Redes de Computadores.

 

O Curso procura promover o desenvolvimento de competências que incluem conhecimentos e aplicação das técnicas de projeto, implementação e administração de ambientes de redes de computadores nas empresas. No projeto existe a ação integradora

em disciplinas de outras áreas, visando fortalecer a interdisciplinaridade e a multidisciplinaridade para a formação do futuro profissional.

 

Ao final do curso o egresso deverá ter as seguintes competências:

 

  • Conhecer os princípios de Gerência e monitoramento de desempenho de redes;
  • Dominar as técnicas de Segurança das redes e dos dados que nela trafegam;
  • Desenvolver pesquisa científica e tecnológica na área de redes de computadores;
  • Conhecer os princípios de gestão de recursos e coordenação de projetos de redes de computadores;
  • Descobrir e empreender novas oportunidades e idEias para aplicações (produtos ou serviços) usando redes de computadores e avaliar a conveniência de se investir no desenvolvimento da aplicação;
  • Otimizar tarefas de administração e manutenção de serviços de redes com o uso de linguagens de programação;
  • Conhecer os conceitos e termos inerentes à área de informática;
  • Conhecer os princípios básicos de Administração de Empresas, Direito e Empreendedorismo relacionados à área de Informática;
  • Conhecer a realidade social na qual está inserido, procurando detectar e adaptar-se às mudanças e aos novos desafios da profissão;
  • Instalar e configurar computadores que estejam, isolados ou ligados em redes, bem como periféricos e softwares;
  • Identificar, selecionar e configurar os principais sistemas operacionais de mercado, equipamentos e protocolos para atender demanda e necessidades dos usuários;
  • Identificar, analisar, avaliar e resolver problemas em redes de computadores empregando bases tecnológicas, científicas, senso crítico e criatividade;
  • Implantar, configurar, administrar, analisar e avaliar redes de computadores e seus serviços;
  • Programar utilizando linguagens de programação (visuais, internet) utilizadas no mercado de trabalho em soluções que envolvam a administração das redes de computadores;
  • Fazer a operação de microcomputadores para uso pessoal e em ambiente de produção;
  • Comunicar-se de forma eficaz, tanto de forma oral quanto escrita;
  • Agir diante de situações de mudança, observando uma visão de futuro, flexibilidade, ética, capacidade de adaptação às necessidades gerenciais das organizações, e capacidade de abertura às novas oportunidades;

SERVIÇO SOCIAL

 

O profissional de Serviço Social realiza um trabalho essencialmente socioeducativo e está qualificado para atuar nas diversas áreas ligadas à condução das políticas sociais públicas e privadas, tais como planejamento, organização, execução, avaliação, gestão, pesquisa e assessoria. O seu trabalho tem como principal objetivo responder às demandas dos usuários dos serviços prestados, garantindo o acesso aos direitos assegurados nas leis vigentes. Para isso, o assistente social utiliza vários instrumentos de trabalho, como entrevistas, análises sociais, relatórios, levantamento de recursos, encaminhamentos, visitas domiciliares, dinâmicas de grupo, pareceres sociais, contatos institucionais, entre outros, sendo responsável por fazer uma análise da realidade social e institucional, e intervir para melhorar as condições de vida do usuário.

 

OBJETIVOS DO CURSO

 

Objetivo geral

 

Formar assistentes sociais éticos, críticos e competentes, em consonância com a legislação em vigor, capazes de articular ensino, pesquisa e extensão, fundamentada na realidade brasileira e com especial destaque para as realidades do Estado, tendo o “aprender a aprender” como referencial de sua atuação profissional cidadã.

 

Objetivos específicos

 

São objetivos específicos do curso:

 

  • Proporcionar aos acadêmicos do Curso de Serviço Social, oportunidades de estudos/debates numa perspectiva de formular e implementar políticas de intervenção social que respondam aos desafios sociais presentes na realidade da região e do país;
  • Demonstrar os novos paradigmas teórico-metodológicos e éticos-políticos que caracterizam o ser social enquanto totalidade histórica, fornecendo elementos básicos fundamentais à compreensão da sociedade contemporânea e suas contradições;
  • Caracterizar as particularidades socioeconômicas e culturais presentes na formação e desenvolvimento urbano e rural, em suas diversidades regionais e locais brasileiras;
  • Evidenciar o caráter contraditório do significado do Serviço Social, no conjunto das relações entre as classes sociais e destas com o Estado, incorporando no processo as dinâmicas institucionais nas esferas estatal e privada;
  • Analisar os diferentes níveis de apreensão da realidade social e profissional, tendo como eixo fundante da profissão o enfrentamento da questão social em suas múltiplas manifestações;
  • Oportunizar aos alunos, por meio do estágio supervisionado, uma experiência de enriquecimento da formação profissional do acadêmico em Serviço Social, através da aplicabilidade da teoria à prática, a partir do estudo de uma realidade social concreta.

 

Estes objetivos do Curso reafirmam os compromissos institucionais em relação à qualidade do ensino, da pesquisa, da extensão e da administração, bem como com o perfil do egresso.

 

PERFIL DO EGRESSO

 

O Curso de Serviço Social, ora proposto pela Faculdade, terá como perfil do formando o egresso que atua nas expressões da questão social, formulando e implementando propostas para seu enfrentamento, por meio de políticas sociais públicas, empresariais, de organização da sociedade civil e movimentos sociais. São competências e habilidades gerais que serão desenvolvidas pelo futuro Assistente Social:

 

 

  • Formular e executar políticas sociais em órgãos da administração pública, empresas e organizações da sociedade civil;
  • Elaborar, executar e avaliar planos, programas e projetos na área social;
  • Contribuir para viabilizar a participação dos usuários nas decisões institucionais;
  • Planejar, organizar e administrar benefícios e serviços sociais;
  • Realizar pesquisas que subsidiem formulação de políticas e ações profissionais;
  • Prestar assessoria e consultoria a órgãos da administração pública, empresas privadas e movimentos sociais em matéria relacionada às políticas sociais e à garantia dos direitos civis, políticos e sociais da coletividade;
  • Orientar a população na identificação de recursos para atendimento e defesa de seus direitos;
  • Realizar visitas, perícias técnicas, laudos, informações e pareceres sobre matéria de Serviço Social;
  • Realizar estudos socioeconômicos para identificação de demandas e necessidades sociais;
  • Exercer funções de direção em organizações públicas e privadas na área de Serviço Social;
  • Supervisionar diretamente estagiários de Serviço Social.

 

O profissional de Serviço Social, deverá apresentar, ainda, as seguintes competências:

 

  • Elaborar, implementar, executar e avaliar políticas sociais junto a órgãos da administração pública, direta ou indireta, empresas, entidades e organizações populares;
  • Elaborar, coordenar, executar e avaliar planos, programas e projetos que sejam do âmbito de atuação do Serviço Social com participação da sociedade civil;
  • Encaminhar providências, e prestar orientação social a indivíduos, grupos e à população;
  • Orientar indivíduos e grupos de diferentes segmentos sociais no sentido de identificar recursos e de fazer uso dos mesmos no atendimento e na defesa de seus direitos;
  • Planejar, organizar e administrar benefícios e serviços sociais;
  • Planejar, executar e avaliar pesquisas que possam contribuir para a análise da realidade social e para subsidiar ações profissionais;
  • Prestar assessoria e consultoria a órgãos da administração pública direta e indireta, empresas privadas e outras entidades;
  • Prestar assessoria e apoio aos movimentos sociais em matéria relacionada às políticas sociais, no exercício e na defesa dos direitos civis, políticos e sociais da coletividade;
  • Planejamento, organização e administração de serviços sociais e de unidade de Serviço Social;
  • Realizar estudos socioeconômicos com os usuários para fins de benefícios e serviços sociais junto a órgãos da administração pública direta e indireta, empresas privadas e outras entidades.

 

Assim, o Curso busca contemplar a formação do Assistente Social em sua dimensão concreta, observando a legislação vigente, conscientes da dinâmica excludente do mundo globalizado e respeitando às diversidades e necessidades da região.